terça-feira, 15 de janeiro de 2008

O Sepulcro Esquecido de Jesus


Análises científicas realizadas em ossuários de pedra calcária e evidências físicas encontradas em uma tumba de dois mil anos, em Talpiot, Jerusalém, indicam que essa sepultura pode ter contido os restos mortais de Jesus de Nazaré e sua família. Este documentário inédito, assinado pelos cineastas James Cameron e Simcha Jacobovici, revela com exclusividade o que pode se tratar do maior achado arqueológico da História. A produção apresenta as últimas evidências sugeridas por especialistas renomados internacionalmente, baseadas em inscrições em aramaico, análises de DNA, ciência forense, arqueologia e estatística. Entre as maiores descobertas relatadas pelo programa, está a evidência de que Jesus e Maria Madalena possam ter concebido um filho chamado Judas.

Segundo o documentário, a tumba de Talpiot continha, originalmente, 10 ossuários, nove dos quais ainda estão sob a guarda da instituição Israel Antiquity Authority (IAA – Autoridade de Antigüidades Israelense). Seis dessas caixas, datadas do primeiro século d.C., apresentam inscrições com nomes que constam do Novo Testamento — “Jesus, filho de José”, “Maria,” “Maria Madalena”, “Mateus”, “José” e “Judas, filho de Jesus.”

“Essa tem sido uma jornada de três anos mais extraordinária do que qualquer filme de ficção”, disse Jacobovici. “A idéia de se ter possivelmnete encontrado a tumba de Jesus e de vários membros de sua família, com evidências científicas convincentes, vai muito além do que eu poderia imaginar”. “Fizemos nosso trabalho, documentamos o caso; agora, chegou a hora do debate”, comentou James Cameron.

O doutor Carney Matheson, do Laboratório de Paleo-DNA da Universidade de Ontário, Canadá, conduziu análise mitocondrial de DNA em partículas microscópicas de material colhido dos ossuários de “Jesus, filho de José” e “Mariamene e Mara” (em grego, que sugere o nome “Maria Madalena”). Os testes concluem que ambos não eram geneticamente relacionados. “Pelo fato de ser tumba reservada a membros de uma mesma família, é possível deduzir que se trata de um casal”. Como mostra o documentário, Jacobovici e sua equipe usam câmeras robóticas para localizar a tumba. Acreditava-se que ela tivesse sido destruída, mas na verdade ela se encontrava no centro de um moderno complexo de apartamentos, em Jerusalém. Depois de entrar rapidamente na tumba, os arqueólogos tiveram que seguir o regulamento local e a lacraram, com a esperança de um dia retornar e conduzir suas análises.

10 comentários:

Marcel Cervantes ---- Um místico disse...

Um contra-argumento pode ser lido neste site: http://www.pime.org.br
/noticias2007/noticiasisrael35.htm

Anônimo disse...

Se os apóstolos ou seguidores de um suposto Jesus que não ressuscitou, quisessem que Seus ensinamentos continuassem para a posteridade, teriam eles deixado tais "provas" todas juntinhas num único lugar esperando alguém achá-las e torná-las de conhecimento público?
Isto é "prova" plantada.

Marcel Cervantes ---- Um místico disse...

Faz sentido o seu argumento. Aliás, muita gente mesmo acredita que este Sepulcro de Jesus não passa de um jogo de marketing de alguns arqueólogos, associados com a Discovery Channel.

Mas são teorias também. Não cheguei a ler o livro ou assistir ao documentário para ter uma opinião mais aprofundada.

No entanto, seu argumento é muito bom.

Abraços!

billy shears disse...

Marcel,

Os nomes citados eram bastante comuns naquela região e época.

Creio que devido à grande passagem de tempo, é muito difícil atribuir a estas descobertas o status de fonte primária para as teses defendidas por seus descobridores.

Várias passagens de nossa história chegaram até nós graças à tradição oral. Fico pensando se personagens como Sócrates, Platão e Aristóteles seriam mesmo uma só pessoa ou escolas de pensamento e por aí vai.

Sem falar nos feitos heróicos de Alexandre, o Grande - que segundo dizem era um nanico...rs - Julio Cesar, etc. São relatos nada confiáveis, do ponto de vista comprobatório.

Já sobre Jesus, o que importa é sua mesagem de amor e fé que temos em sua existência e sua boa nova.

Concluindo, acho pouco provável que este material seja os restos mortais da sagrada família. Toda a estória envolvendo a nova vida de Jesus ao lado de Madalena, parecem-me um tanto quanto forçados. Para que a sua mensagem tenha chegado até nós, a crucificação e todos os relatos que estão no evangelho, tâm maior lastro de verdade, na minha opinião.

Valeu.

Coringa disse...

"O que é conhecido sempre parece sistemático, provado, aplicável e evidente para aquele que conhece. Da mesma forma, todo sistema alheio de conhecimento sempre parece contraditório, não provado, inaplicável, e irreal ou místico"

(Ludwik Flek - 1896/1961 - cientista político - Genesis and development of a cientific fact)

Abs Marcel, Fy e Billy :)

billy shears disse...

Marcel,

Eu fui postar um comentário no SDM sobre a série Big bang Theory e vi um comentário seu. Também vejo, vez por outra, as trapalhadas de Leonard e cia...rs

Hoje a peça rara do Sheldon criou um insólito drink: "Cuba Libre Virgin Diet". Que consiste em Coca Diet com gelo e limão, sem Gin...rs

Coringa disse...

Olá Billy, td legal? É um prazer vê-lo aqui tb.
Billy, tem um assunto que gostaria de conversar com vc, creio até que seja de interesse comum, e agradeceria muito teu retorno no link (email) que forneço abaixo. Pode ser? :)

123coringa@gmail.com

Aguardo vc Billy. Grande abraço!

billy shears disse...

Ok, Coringa.

Roberto ;) disse...

“RECEITA DE AMIZADE”

A amizade verdadeira é feita de:

Uma pitada de compreensão
Uma dose de críticas construtivas
Uma tonelada de valores concretos
E apoio mútuo a gosto.
Mexa bem (com o coração)
Leve ao fogo (da brincadeira)
Após pronta, ponha a cobertura de liberdade.
E a delicie ao sabor da vida.

Roberto disse...

Arqueólogos dizem ter encontrado '1ª igreja cristã' do mundo

"Descendo na caverna, em alguns degraus, é possível ver uma área de formato circular que seria a abside e vários bancos de pedra para os sacerdotes", disse Hussan ao jornal The Jordan Times.

Uma inscrição no chão da igreja acima da caverna cita os "70 amados por Deus e o Divino". Arqueólogos dizem acreditar que a frase se refere aos refugiados da perseguição religiosa em Jerusalém. "
http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/06/080610_cavernaigrejajordaniafn.shtml